Make your own free website on Tripod.com

Estratégias possíveis em criação de comerciais para televisão.
(parcialmente adaptado de "Criatividade em Propaganda", de Roberto Menna Barreto)
Lembre-se:

a) As estratégias dificilmente andam separadamente. Um comercial (vt) sempre combina duas ou mais, ou ainda transforma uma estratégia. Elas são referências.
b) As estratégias não devem engessar o processo de trabalho, ela auxilia, mas não determina. Primeiro, vem o conceito, depois a forma (estratégia) de trabalhar com ele.


1
- Teste-Explique um produto na frente do público
(comerciais típicos de absorvente feminino, sabão em pó)

 2 - Faça o consumidor/público “viver o clima”, o vt descreve a sensação de estar usando o produto/serviço > Honda “vento na cara”)

 3 - Vá do abstrato para o concreto, tensão>resolução. A grande maioria dos comerciais mais destacados se vale desta relação, que retoma a antiga “pergunta>resposta”de uma forma mais criativa, inusitada.

4
- Explicar o antiproduto: o que acontece se você não usar o serviço ou comprar o produto. Assim como as outras estratégias, você pode usá-la com humor, fantasia.

5 - Submeter o produto ou o serviço a uma aventura visual. A marca é o personagem, o "leit-motiv" – a imagem global da marca/serviço atua mais fortemente no comercial. A seta da Skol, O elefante da Cica.

6 - Desdobrar o uso do produto, recontextualizá-lo. “pipoca com guaraná”, “filho do meio”, “filha com Pai Mcdonalds”

 7 -  Testemunhal

8 - “Onírico” > recurso do “clima de felicidade”, “uso perfeito do produto”, dar o caráter de sonho caindo muitas vezes no clichê.