Make your own free website on Tripod.com
 

a chuva me faz descansar em paz quando penso nas imensas coisas estúpidas que fiz numa só vida me pergunto se não é hora de parar com tudo isso e chamar a polícia.

phew! for a minute there i lost myself. (radiohead)
desculpe.

- serviço de valorização da vida boa tarde, meu nome é suzana posso ajuda-lo?
- não.
- mas se o senhor ligou deve estar querendo conversar, nao é mesmo? qual o seu nome?
- ...
- senhor? meu nome é suzana, não quer me dizer o seu? pode ser só o primeiro nome.
-...prefiro nao dizer.
- tudo bem, é que eu acho legal poder conversar com alguém sabendo o nome da pessoa. como foi o seu dia, senhor?
- acordei.
- isso é bom, acordou cedo? <<sussurro>> "daqueles que não falam rita, ai meu saco"
- pra mim foi cedo.
- hmmmm...então o senhor acordou disposto.
- disposto a desistir.
- ah, então o senhor quer conversar sobre isso?
- não, quero esquecer.
- sim, mas ..olha, se o senhor me disser o seu nome, nossa conversa vai melhor taanto...
- meu nome é "ai meu saco".
- ....
-....pedro.
- ... ..pedro? ah, sim, pedro, mas é um nome tão simpático, pq nao falou logo?
- ai meu saco.
- nao, nao desliga. olha desculpa por aquilo lá tá? a gente tá de plantão, sabe como é domingo,  ninguem quer trabalhar domingo.
- porque?
- ah, domingo é dia de descanso, de ver um filme, passear com o namorado, o senhor sabe como é...
- parece um domingo intenso o seu.
- ah, o senhor nem me fale, semana passada teve um churrasco, o senhor vai concordar que em domingo um churrasquinho cai bem.
- cai.
- nossa, tão boom...
- churrasco com a família.
- isso, todo mundo, aquela festa, aquela alegria.
- todo mundo de bem com todo mundo...
- isso, bom, claro, nem sempre é assim..
- não diga?
- bom, sabe..eu tenho uma irmã...ah, nem vale a pena falar.
- não vale a pena falar.
- não, espera, não vale a pena falar da minha irmã, ai meu deus to me perdendo aqui, heeh, o senhor não leva  a mal...
- mas é domingo
- é , é domingo.
- tchau.
- nao, péra aí pedro.

link